(81) 98343-9752

NO AR

Portal Amparo

radioamparofm.com.br

Cultura

Dos palcos para as telas: \'Paixão de Cristo do Recife: Jesus, Luz do Mundo\' estreia no cinema

Adaptação do espetáculo ganha sessão nesta segunda-feira (17) no Teatro do Parque, dentro da programação do Janeiro de Grandes Espetáculos

Publicada em 17/01/22 às 10:49h - 47 visualizações

por Germana Macambira


Compartilhe
 

Link da Notícia:

\\  (Foto: Divulgação)
A máxima “sair pela tangente”, sobretudo nos tempos atuais, cabe à arte tão bem quanto o seu papel de adaptar-se a realidades e seguir adiante.

Encurtar caminhos entre os já entrelaçados teatro e cinema, por exemplo, foi o amparo encontrado por um dos espetáculos mais tradicionais do Recife, a Paixão de Cristo da Cidade – outrora encenada por anos pelo ator José Pimentel (1934-2018), no papel principal. 

Novos tempos, novo Cristo

Em 2022 a encenação retorna na tela do cinema, com pré-estreia nesta segunda-feira (17) às 19h para a classe artística no Teatro do Parque (Boa Vista) e estreia na próxima segunda-feira, dia 24, no mesmo local e horário, para o público em geral, dentro da  programação do 28º Janeiro de Grandes Espetáculos (JGE).



Entre novos e veteranos, o elenco da peça e agora filme, “Paixão de Cristo do Recife: Jesus, a Luz do Mundo”, traz o ator Domingos Júnior, 29, estreando como Jesus.
 
“Foi um grande desafio, e aceitei com muita emoção. Foi muito bonito ver a velha guarda do teatro se adaptando em uma nova linguagem. Eu vibrava quando eles estavam gravando, além de ter sido um aprendizado. Presenciar isso me levou às lágrimas”, revelou Domingos, em conversa com a Folha de Pernambuco.

Mantendo a essência

Para Carlos Carvalho, diretor e roteirista da Paixão, no teatro e agora no cinema, o que vai ser visto é “o teatro filmado na tela”.

“Não se perde a essência do teatro com o olhar da câmera. Essa obra é a reafirmação da vida, na arte, é a possibilidade de levarmos a mensagem de fraternidade e amor para o nosso público”, pontuou ele, que esteve à frente de espetáculos da Paixão de Cristo desde a década de 1970, inclusive nas montagens apresentadas no teatro de Nova Jerusalém, em Fazenda Nova, no município de Brejo da Madre de Deus, Agreste pernambucano. 

“Carlos é ‘político’, aberto ao diálogo, e quando conversamos sobre a minha atuação chegamos em um lugar comum, de desejo dos dois em fazer um Jesus menos engessado, sem eximir-se do contexto atual da pandemia, por exemplo”, complementou Domingos, que já foi o Cristo em 2019, da Paixão de Paudalho, Mata Norte do Estado. 

Domingos também esteve à frente como diretor do curta “Corpo-Capital” e do documentário “Com Chita e Paetê se Faz História” – cuja narrativa conta a história da quadrilha junina Rosa Linda, Linda Rosa (Paudalho), tida como a mais antiga de Pernambuco. E com o filme “À Mesa”, recebeu em 2021 o prêmio de Melhor Ator do 5º Festival de Muriaé (MG). 

Um Cristo real
“Na Paixão do Recife está o Domingos atuando dentro do que acredita em sua construção como ator, fazendo um Jesus que é acolhido no colo de Maria, cena que demarca bem a relação que tenho com a minha mãe, mas ao mesmo tempo um Cristo que mostra sua ira quando entra no templo. Um Jesus real dentro do entendimento do tempo de hoje, do tempo do passado e do que a gente pretende construir com a palavra desse personagem”, explica Domingos Junior.

Com ensaios e gravações realizadas no Teatro Hermilo Borba Filho, em agosto e setembro de 2021, culminando em um espetáculo com duração média de 120 minutos, o filme “Paixão de Cristo do Recife: Jesus, a Luz do Mundo” é realizado pela Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe) e tem à frente da produção geral a Paulo de Castro Produções e Antônio Pires. 

No elenco, além de Domingos Júnior, atuam Angélica Zenith (Maria), Ivo Barreto (Judas), Sérgio Gusmão (Herodes), Carlos Lira (Pilatos), Gheuza (Madalena), e Albemar Araújo (José de Arimateia), Maria do Céu (Herodíades) e Márcio Fecher (Satanás), entre outros nomes do elenco principal e figurantes.

Na estreia para o público haverá a distribuição de 299 ingressos – que deverão ser trocados por um quilo de alimento não perecível duas horas antes da sessão, na bilheteria do teatro.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Facebook
 Instagram
 Twitter
 Youtube







.

LIGUE E PARTICIPE

(81) 98343-9752

Visitas: 23175
Usuários Online: 41
Copyright (c) 2022 - Portal Amparo - ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE COMUNICAÇÃO, CULTURA E MEIO AMBIENTE DE OLINDA - 02.727.860/0001-57
Converse conosco pelo Whatsapp!